Em um cenário como o nosso atual, as dificuldade parecem tomar conta e o progresso passa a ser apenas uma palavra no dicionário. O momento em que o país vive é muito complicado e as medidas adotadas até então são paliativas, ou seja, não tem por objetivo lidar com o problema, cortar na raiz, apenas remediá-los temporariamente. Nesse meio tempo, o desemprego bate na porta de milhões de brasileiros e a forma que muitos tem encontrado de lidar com isso é empreender por conta própria.

E nesse novo cenário de opções que a informalidade oferece algumas atividade parecem se destacar. Sim, citei informalidade porque quem começa um negócio assim não abre firma. Ainda mais no país em que vivemos, onde a burocracia é gigantesca e os impostos cerceiam o desenvolvimentos das pequenas empresas.

Entre as atividades que se destacam estão a venda de doces e salgados como empadinhas e tortas. Relativamente fáceis de fazer, de baixo curto e com uma demanda alta, diversas pessoas fazem seus doces e salgados e saem vendendo em ruas e empresas. Os casos de sucesso não são poucos, recentemente cada vez mais vemos matérias sobre pessoas que obtiveram sucesso com essas atividades, comercializando doces. Aqui você pode ver um desses casos.

Muitos nem esperam a hipótese de serem mandados embora e já decidem começar a ganhar uma renda extra vendendo doces. A princípio vendem pra vizinhos e conhecidos. Nessa etapa o boca a boca representa um fator muito positivo. Os doces que se destacam nas vendas é o brigadeiro gourmet, o campeão de pedidos e elogios. O que diferencia o brigadeiro gourmet do tradicional são os ingredientes. O gourmet é feito com ingredientes de qualidade extremamente superior aos brigadeiros comuns.

Já os salgados as empadas de massa podre são a sensação. A diversidade de ingredientes e possibilidades atrai muitos clientes e ajuda a fideliza-los. Fazendo sabores sazonais, a cada semana um diferente, essa é a  maneira de conseguir mais clientes e mais vendas.

Existem diversas formas de começar um negócio assim, a principal eu diria que é a coragem de iniciar e sair para vender. Quem estiver interessado em aprender como fazer doces para vender, acesse o link e descubra muitas possibilidades para o seu negócio, além de dicas muito importantes.

Apesar das dificuldades cada vez mais pessoas buscam no empreendedorismo a solução para o lado financeiro. Isso é algo a ser admirado, pois, só quem tem o seu negócio é que sabe das dificuldades e passa a valorizar quem enfrenta tantas dificuldades tributárias e ainda gera empregos.

Boa sorte a todos, até a próxima.

Renda extra com alimentos e doces
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *